Terça-feira, 31 de Julho de 2007

As Mulheres e a Tecnologia

"As Mulheres e a Tecnologia"
Tema do Mês do Planet Geek.

Quando comecei a pensar por onde iniciar a redacção deste artigo, várias questões se levantaram: Terão as mulheres menos aptidões para mexer com máquinas do que os homens? Terão as mulheres mais aptidões para exercer uma profissão onde se interage com pessoas do que os homens? Serão as mulheres menos inteligentes ou menos capazes do que os homens? A resposta é não! Outra pergunta surge no segundo seguinte. Então porque é que o tema do mês é "As Mulheres e a Tecnologia" e não "Os Homens e a Tecnologia"?

A resposta está na sociedade e na forma como as pessoas são educadas. Quando nascemos as aptidões intelectuais são exactamente iguais independentemente do sexo. No entanto, somos educados criando logo um estereótipo de que as meninas brincam com bonecas e os meninos com carros. Logo aqui, à partida, estamos a limitar a aptidão da criança. Desde o início que a menina é induzida no sentido de brincar com bonecas, logo no futuro, de uma forma generalizada, as mulheres irão cuidar dos filhos, manter a casa e consequentemente, terão um emprego muito próximo das pessoas, das relações humanas. Por outro lado, o menino que sempre brincou com carros, futuramente e mais uma vez generalizando, tratará de tudo o que tenha algo de mecânico ou electrónico: carros, máquinas, computadores, etc..

Ainda bem há pouco tempo, li na mailing list do próprio Planet Geek e a propósito deste tema, que os homens conduzem melhor que as mulheres e que isso está provado cientificamente. Pois está. E a razão é a mesma, é uma razão sociológica e nada tem a ver com as capacidades de cada um. Tal como deve estar provado cientificamente que as mulheres lavam melhor os pratos que os homens.

Julgo que a resposta está mais que dada. Esta é a razão. Daqui advêm todos os outros factores que fazem com que as mulheres, de uma forma geral, mais uma vez, tenham uma aversão à tecnologia.

Numa mesma linha, terão os cidadão asiáticos, tipicamente conhecidos como chinocas ou japunas, mais capacidade para inventar? Para criar engenhocas? Engenhocas essas que nós, ocidentais, dizemos que não lembram nem ao diabo! Obviamente e mais uma vez, a resposta é não! Eles nascem já no meio de toda aquela industria electrónica, trabalham de noite e de dia, não há reformas para ninguém, não há subsídios para este ou para aquele. Toda a gente tem que trabalhar e mais nada! Ora, no meio disto tudo... 24 horas por dia é pouco. Como tal, há que inventar qualquer coisa para poupar tempo ou para automatizar determinada tarefa. O povo costuma dizer, "Já lhe vem nos genes!" ou "Corre-lhe no sangue!". Mentira. Mas é quase verdade. Porque essa cultura é passada às pessoas desde sempre. Em termos práticos, realmente, é como se já nascesse com ela.

Voltando ao tema...

No entanto, e como em tudo na vida, existem excepções. Excepções essas que por serem isso mesmo, excepções, marcam a diferença (Aí está... toca a puxar a brasa à minha sardinha!). Cabe-nos a nós, mulheres Geeks deste mundo, tentar mudar esta forma de pensar que está inconscientemente ligada à educação de todas as crianças! Chega de inibir as verdadeiras capacidades de cada um! Deixem os homens cozinhar, lavar pratos, tratar da casa e dos filhos! E deixem as mulheres programar à bruta, falar de futebol e de desporto em geral, conduzir, ler o jornal e beber umas cervejolas!

No fundo, se não existisse esta ideia inconsciente e pré-concebida das aptidões de cada sexo, este tema do mês jamais faria sentido...
publicado por Gifty às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Julho de 2007

Educação Rodoviária … e Usabilidade, não?


Este Verão vou tirar a carta. Fui-me hoje inscrever na escola de condução e prontamente me deram o livro do novo código da estrada. Ora bem, no livro vem um endereço - www.educacao-rodoviaria.pt - que ainda há pouco fui visitar para ver o que de interessante e útil podia ter. Ia-me dando uma coisinha má logo no início, podia-se ler o seguinte: Este site use Macromedia Flash Plugin. Sim, não faz sentido. Mas enfim, o que eu pensei logo foi: "Espero que seja só um bocadinho de flash...". Querias!... Meus amigos, o site é TODO em flash e demorou nada mais, nada menos do que... 34 segundos a carregar! Eu pergunto-me, qual a necessidade de fazer um site TODO em flash?? É que o site não tem nada de especial a nível de menus ou efeitos especiais... qualquer HTML + CSS fazia o mesmo efeito. Querem por uns banners a mexer que nem loucos? Ok, tudo bem. Mas usem flash só nesse bocado!

Aproveito, já agora, para enunciar os 10 erros mais importantes no WebDesign segundo as aulas teóricas da cadeira de Interface Pessoa-Máquina.

1. Frames

  • Confundem utilizadores;

  • Perde-se previsibilidade das acções do utilizador;

  • Motores de busca têm problemas com frames.


2. Uso gratuito de tecnologia

  • Não tentem atrair os utilizadores desta forma;

    • Pode ser que atraiam os "nerds" mas os utilizadores "normais" preocupam-se com conteúdo e serviço.



  • Se o sistema/navegador estoira, não vão voltar.


(Nota pessoal: não percebi bem esta parte, mas enfim!... Siga!)

3. Animações Contínuas

  • Não incluam animações intermináveis;

  • Utilizadores desligam-nas;

  • Dêem paz e descanso aos utilizadores para lerem o texto!


4. URLs Complicadas

  • Não devem expor o endereço da máquina;

  • Utilizadores tentam descodificar URLs das páginas para interferir com a estrutura do local

  • URLs devem ser legíveis por pessoas;

  • URLs são difíceis de enviar por e-mail.


5. Páginas Orfãs

  • Todas as páginas devem indicar claramente a que local pertencem;

  • Todas as páginas devem ter elo para a homepage, indicação do local a que pertencem e posição na estrutura do local.


6. Páginas Muito Longas

  • Muitos utilizadores não desenrolam parte não visível da página;

  • Colocar conteúdo crítico e navegação no topo da página;

  • Importância decrescente.


7. Falta de apoio à navegação

  • Utilizadores não conhecem o vosso local;

  • Comunicar estrutura do local (disponibilizar Mapa do Local e bom mecanismo de busca).


8. Cores de elos não padronizados

  • Elos para páginas visitadas são azuis e páginas já visitadas usar púrpura/vermelho.

  • Não alterem estas cores pois é uma das poucas ajudas universais à navegação.


9. Informação Desactualizada

  • Contratem um "jardineiro" para a equipa;

  • Pessoas preferem criar conteúdo a mantê-lo;

  • Conteúdo desactualizado implica perca de confiança.


10. Tempos de carregamentos LONGOS

  • Regra dos 10 segundos

    • Tempo que os utilizadores levam a perder interesse





  • 15 segundos podem ser aceitáveis na Web, pois os utilizadores estão habituados a esperar, mas só páginas mais importantes.

  • WWW está mais lenta e não mais rápida.


Aqui estão eles... alguns até são toleráveis... mas, epá... 34 segundos?? Ainda não estou em mim... 34??

Espero que esta informação possa vir a ser útil a muita gente para que tenhamos cada vez mais e melhores sites.
tags: , ,
publicado por Gifty às 16:42
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

O poder do BTuga… e o SEO! :)

Mais de 24 horas depois de ter feito o artigo, (será que aquele conjunto de palavras pode ser dignamente chamado de artigo?) no qual expliquei que iria fazer uma experiência escrevendo um artigo que está, digamos, na moda, venho aqui mostrar os resultados.



Os valores das colunas correspondem respectivamente a número de visitas, pages, hits e largura de banda.

(Ver valor referente ao dia 25 de Junho)

Os resultados são, de facto, ilustrativos do poder que têm certos temas. Embora tenham sido bastante satisfatórios os resultados obtidos, cometi logo um erro crasso ao não incluir no nome do BTuga no título, segundo o meu caro colega António Dias, especialista nestas andanças de SEO (Search engine optimization).

Mas o que é isto de Optimização para motores de busca?

SEO trata-se de uma prática activa para a optimização de um site, melhorando aspectos internos e externos, com a finalidade de aumentar o número de visitas que o mesmo recebe através de motores de busca.

Esta prática tem várias vertentes, vários ramos e seria impensável abordá-las todas neste post. Como tal, vou apenas dar aqui um pequeno exemplo do que uma pessoa deve fazer se quiser criar o seu site pessoal e colocá-lo nos primeiros resultados dos motores de busca.

Endereço do site

É importante que o endereço do site tenha o seu nome. Portanto, registe um domínio com o mesmo. Estes endereços estão à partida em vantagem em relação aos outros. Aconselha-se também a que os ficheiros do site tenham o seu nome, no entanto, a importância é menor.

Título da página

Um dos factores mais importantes para o bom posicionamento de um site nos motores de busca é o título da página. Este é visto como um indicador do assunto que a página trata e deve ter também o seu nome, pelo menos na página que considere mais relevante sobre si. Quando aqui falo do título da página, estou-me a referir ao título que surge na barra de título da janela do browser.

Título do texto

O título do texto surge como a parte mais importante de uma dada página. São as letras gordas que apresentam a página aos leitores e que fazem com que o título se destaque tanto para o leitor, como para os motores de busca. Além do tamanho do texto, é preciso ter em atenção o conteúdo do mesmo. É bastante mais relevante um título Site Pessoal de <nome> do que um Bem-vindo ao meu site.

Links internos

Mais um aspecto importante para a optimização do seu site pessoal. A página inicial deve conter links para todas as páginas do site, e cada uma dessas páginas deve conter um link para a página principal. Explicite no chamado texto-âncora o assunto da página para a qual o link está a apontar.

Texto

Deve incluir o seu nome nas primeiras linhas de texto. Os motores de busca consideram este facto como mais um indicador de que o site é mesmo sobre si.

Páginas com uma simples frase ou parágrafo tendem a encontrar dificuldades nos motores de busca.

Imagens

Grave a sua foto num ficheiro com o seu nome, exemplo: <nome>.jpg. É também importante que utilize o atributo alt para descrever o conteúdo da fotografia, exemplo completo: <img src=http://www.<nome>.com/<nome>.jpg” alt="<nome>>. Inserir também uma legenda à imagem contendo o seu nome.

Promova o seu site

Peça aos seus amigos para incluirem nos respectivos blogs ou sites um link para seu. Esses links serão interpretados como recomendações e atribuirão, com muita probabilidade, maior importância ao seu site.

Adicione o site ao directório do Sapo. Inclua o seu nome no campo para título e encontre uma boa descrição para o mesmo.

Estar listado num directório nacional tem ainda outra função. Estar presente nos resultados quando, por exemplo, no Google, se selecciona a opção de apenas mostrar "páginas de Portugal".

Texto descaradamente inspirado num dos artigos do eBook da autoria de António Dias. O seu download pode ser feito aqui.

Aqui ficou um cheirinho do que é o SEO e de como este funciona. Tenciono em breve aprofundar o meu conhecimento nesta área para vos continuar a dar umas dicas para principiantes.

Obrigada António pelas dicas! :)
tags: , ,
publicado por Gifty às 14:09
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Julho de 2007

Mais uns…

Parece que as 5 palavras mais escritas hoje foram:

Site Encerrado por Medida Cautelar...


Primeiro o BTuga, como já referi, e agora... o wareztuga.info e o zemula.org.

Estão em grande!

Edit: O wareztuga.info parece que está de novo no ar. Consta que foi brincadeira do Administrador... Isto já dá para tudo! lol
tags: ,
publicado por Gifty às 00:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Julho de 2007

Dicionário de Acrónimos usados na Internet

Em conversa na ML do Planet Geek e através de um mail do António Dias tive conhecimento da existência de um site com uma base de dados de acrónimos usados geralmente no meio da web.

Aqui está ele: http://www.gaarde.org/acronyms/ :)

AA!

BTW, cuidado com a AAAAA!
tags: ,
publicado por Gifty às 22:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Este é o poder do…

... BTuga?

Decidi fazer um pequeno teste. Através deste post do meu caro colega do Planet Geek, Mário Martins, tomei conhecimento do poder que têm determinados posts, sobre determinados assuntos. E, como tal, vou experimentar... :P

Pois é amigos, parece que o BTuga foi fechado. De nada sabemos a não ser que o mesmo foi encerrado por medida cautelar como está expresso na página principal do dito site. Aguardemos então por mais informações...
publicado por Gifty às 21:11
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 21 de Julho de 2007

Ana Free - Memories

Já vos dei a conhecer anteriormente a Ana Free neste post. Aqui fica um vídeo de uma música original dela que adoro! A miúda tem mesmo talento e... parece que tem algo que nos cativa para além daquela cara bonita! :) Depois da sua passagem pelo programa da tarde da Júlia Pinheiro, já toda a gente em Portugal fala nela! Enjoy the song! :)

tags:
publicado por Gifty às 23:09
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Julho de 2007

IST não vai ser privatizado

Muito se tem falado nestes dias sobre o facto de o IST poder vir a ser privatizado. A notícia foi publicada pelo Jornal SOL e pode ser lida em parte aqui.

O IST já veio desmentir e passo a citar:

O IST não vai ser privatizado!


09 Julho 2007

Ao contrário do que consta da notícia do semanário Sol do passado dia 7/7/2007, o IST não vai ser privatizado.

O que está a ser discutido na Escola é a possibilidade do IST optar pela figura jurídica de fundação pública de direito privado. Esta nova figura jurídica consta do Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior, recentemente aprovado na generalidade pela Assembleia da República.

O referido regime jurídico estabelece que estas fundações fazem parte da rede de ensino superior público, cobram as mesmas propinas das restantes instituições de ensino superior público, recebem dotações do orçamento de estado para o seu funcionamento e mantêm um quadro de funcionários públicos.

As diferenças entre o regime jurídico actual e o que se está a discutir são principalmente ao nível da maior autonomia do ponto de vista administrativo, financeiro e patrimonial. As vantagens decorrentes da maior agilidade resultante do regime fundacional têm vindo a ser ponderadas e comparadas com os potenciais riscos do novo modelo.

Já podem descansar, pessoal. Não vamos pagar rios de propinas! :D
tags: ,
publicado por Gifty às 11:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 8 de Julho de 2007

Revista Programar - Edição Julho 2007

Aqui está a edição deste mês da revista Programar, projecto da comunidade Portugal-a-Programar!

Site Oficial: http://www.revista-programar.info/

Download desta edição: http://www.revista-programar.info/front/edition/9


Nesta Edição:

  • Windows Vista Tour ;

  • AJAX + PHP ;

  • Framework CakePHP ;

  • Criar um RSS Feed em PHP + MySQL;

  • Programação em Ambiente Gráfico: Circular GT ;

  • Compilar, testar e detectar erros em C em Linux;

  • Olimpíadas Nacionais da Informática 2007;

  • Web 2.0;

  • Tecnologia de Identificação por Frequencias Rádio.

publicado por Gifty às 00:04
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 7 de Julho de 2007

Todas as músicas dos Linkin Park cheiram à mesma coisa…

Descobri aqui um artigo que vem confirmar as minhas suspeitas de há algum tempo para cá.

Nunca fui fã dos Linkin Park, a música deles sempre que soou a música "fabricada" para vender. Não perguntem porquê, mas aquilo nunca me disse nada.

Nesse artigo, podemos ver então que os gajos têm uma fórmula que é igual para a maioria das suas músicas! :P São compostas por 4 partes distintas: Uma introdução calma, o pontapé instrumental (a banda começa toda a tocar ao mesmo tempo com uma batida forte), a música volta a acalmar durante 1 ou 2 versos e por fim, há o refrão que dá um pouco de continuação ao tal pontapé instrumental com o vocalista a berrar para adicionar emoção (LOL?) à música!

Ainda bem que não me deixei enganar pela sonoridade destes meninos! :)

Não pretendo com isto insultar os fãs da dita banda, é apenas a minha opinião.

Se se sentirem ofendidos, sintam-se à vontade para insultar as minhas bandas preferidas: Muse, The Gift, Death Cab for Cutie, Placebo, Arcade Fire, etc etc. :D
tags:
publicado por Gifty às 19:08
link do post | comentar | ver comentários (37) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Yammer: O Twitter para as...

. O mundo muda a uma veloci...

. Alanis vs Per7ume

. Onde pára o dinheiro públ...

. Música: Top15

. A minha tese no Wordle

. Book Meme

. StartUp Manager

. Heróis do mar ameaçados.....

. A minha última compra...

.arquivos

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.Planet Geek

blogs SAPO

.Blog Pessoal de Sofia Floes