Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

FileHippo.com Update Checker reloaded

 

Como já aqui falei há mais de um ano, o FileHippo é uma aplicação que inspecciona o software que temos instalado no PC. Indica se existem ou não actualizações (versões finais e betas) e ainda disponibiliza o link para fazer download das mesmas. A novidade em relação àquilo que anunciei em Abril do ano passado, é que agora esta aplicação pode-se instalar (anteriormente era apenas um executável...), colocar no arranque e, assim, avisa-nos das actualizações que estão disponíveis logo que iniciamos a sessão.

 

Já que não existe nada semelhante ao sistema de actualizações do Ubuntu para Windows, aqui fica uma alternativa.

Boas actualizações!

publicado por Gifty às 23:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Fevereiro de 2008

Partilhar Thunderbird entre Linux e Windows

Este problema surgiu-me quando este semestre passei a ter que usar com mais frequência Windows, pois tenho cadeiras que assim o exigem (SQL Server & Cia...). Tinha o Thunderbird instalado e configurado no Ubuntu e queria partilhar o perfil entre ambos os SO.

A solução que encontrei passa pela instalação em Windows do Ext2 Installable File System For Windows. Esta aplicação permite montar as partições de Linux em Windows e ter-lhes acesso como se uma partição em NTFS ou FAT se tratassem. Depois do Thunderbird estar instalado nos dois lados, basta alterar o ficheiro profiles.ini que se encontra em C:\Documents and Settings\<NomeUtilizador>\Application Data\Thunderbird alterando o caminho para a pasta onde se encontra o perfil. Em baixo está o exemplo do meu caso:

[Profile0]
Name=default
IsRelative=0
Path=Y:\<NomeUtilizador>\.mozilla-thunderbird\jdfyrnoc.default

Agora, basta iniciar o Thunderbird que ele assumirá o novo caminho para a pasta.

Dica inspirada neste artigo.

Have fun! :D
publicado por Gifty às 21:31
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

Até onde a ignorância pode ir...

O episódio que vou passar a relatar passou-se há cerca de um ano numa aula de laboratório da cadeira de Engenharia de Software.
Estava eu a trabalhar no meu portátil equipado com Ubuntu , quando me surgiu um erro no código devido à falta de um ficheiro de configuração. Como na altura não entendi o erro, era a primeira vez que este me surgia, chamei o professor. Ele imediatamente identificou o erro, pega no rato e dirige o cursor para o canto inferior esquerdo do monitor. Quando verifica que não se encontra nesse canto o Iniciar do windows , diz:

- Onde tens o Iniciar?
- Professor, isto é linux . O menu está aqui. - Apontei eu para o menu do Gnome que se encontrava na parte superior do écran.
- Ah, mudaste a barra de sítio. Mas onde está o Iniciar?
- Professor, isto é linux. Não há Iniciar...
- Ah, ok! Então, vai aí aos meus documentos...
Nesta altura já ele me tinha passado o rato para as mãos.
- Professor, isto é linux. Não há os meus documentos...
- Então, vai à drive C.
Eu já desesperava...
- Em linux o sistema de ficheiros é diferente. Não há drive C. Explique-me só o que teria que fazer em windows para isto funcionar...


O senhor lá me explicou o que teria que fazer em windows e eu rapidamente consegui perceber o que era para fazer e fiz o equivalente no linux sem necessidade de aceder a "menus Iniciares", meus documentos e drives Cs...

Que o professor não estivesse à vontade com ambientes Unix, tudo bem. Ninguém é obrigado a usar e ter prática no mesmo. Mas um professor do IST, gestor de projectos (ou lá o que é!), pede-se pelo menos que saiba minimamente as principais características deste tipo de SO... Enfim.

Só me apetecia chamar-lhe nomes. Mas não deu.
publicado por Gifty às 11:32
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

Converter ficheiros .daa para .iso

Por vezes chegam-nos às mãos ficheiros com a extensão .daa. Estes ficheiros são imagens de CD ou DVD, geradas por um programa proprietário chamado PowerISO. Para quem não o quer instalar, aqui fica uma dica para converter o .daa em .iso.

A ferramenta chama-se DAA2ISO.

Windows
Descarregar aqui a ferramenta para fazer a conversão. Depois, basta descompactar os ficheiros e duplo click no executável.

Linux
Descarregar aqui o código fonte do programa. Compilar fazendo digitando o comando make. De seguida basta fazer: daa2iso "o meu ficheiro.daa" output.iso
A única dependência deste programa é o pacote zlib. Para descarregar e instalar as dependências, em sistemas Debian-based, executar o comando: apt-get install zlib1g zlib1g-dev
publicado por Gifty às 15:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. FileHippo.com Update Chec...

. Partilhar Thunderbird ent...

. Até onde a ignorância pod...

. Converter ficheiros .daa ...

.arquivos

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.Planet Geek

blogs SAPO

.Blog Pessoal de Sofia Floes